maio 16, 2013

Música: I Will Always Love You - Dolly Parton

Esqueça Whitney Houston. E esqueça Taylor Swift e Shania Twain. Mulher alguma canta as raízes country e a canção I Will Always Love You como Dolly Parton - uma das artistas do cenário country mais bem sucedidas, com um estilo de cantar simples e direto além do talento como letrista que a fazem completa.

Infelizmente as mulheres sobre quem Parton costuma cantar não partilham da mesma sorte ou brilho que a cantora – quase todas são de dar pena; com corações partidos e parceiros ingratos.

Uma de suas composições mais diretas é esta que trago hoje. Parton foi, durante muitos anos, parceira musical de Porter Wagoner – que à época era uma estrela em ascensão e encontrou na cantora uma grande parceira, criando diversos duetos. Mesmo com um inicio difícil, Wagoner investia continuamente na cantora o quanto podia e depois de algum tempo, deu certo.

Parton lançou canções solo que foram grandes sucessos e o cantor começou a ficar à sombra de sua protegida. E com o sucesso, a disposição competitiva de ambos veio à tona. Ela sentia que ele a impedia de expandir sua música para estilos e audiências diferenciadas enquanto Wagoner se sentia traído por Parton querer lançar-se solo. Em 1974, a tensão era tão grande que os dois se separaram de vez.


Ele chegou a processá-la e ganhou, embora anos mais tarde, enquanto passava por uma grave crise financeira, a cantora tenha adquirido os direitos de suas músicas (pagando por elas, óbvio) e assim que ele voltou a equilibrar as finanças, a cantora lhe devolvera tudo, de graça.

E fazendo juz à parceria dos dois e a seu caráter, Parton canta esta canção com tamanha delicadeza, um fundo limpo e leve, contrastando com a tristeza do que se conta em cada linha, pois apesar de tudo, a artista deixa claro que valoriza o tempo que passou com Wagoner. Seja nas palavras ou em cada som de corda ferida.

NAS ENTRELINHAS

Sabendo a quem essas palavras são direcionadas, é interessante perceber que Parton não utilizou seu talento como compositora para denegrir ninguém. Não quero com isso dizer que acho errado quando artistas se aproveitam de seu trabalho para extravasar os problemas pessoais, no entanto, não concordo com certas pessoas que se utilizam desse método toda santa vez que seu coração/caráter é ferido.

De qualquer forma, esse não é o caso.

Dolly expressa toda sua gratidão e tudo aquilo que ela sabe ser verdade a respeito do relacionamento dos dois. Deixando para trás tudo de ruim que passou e esperando que tudo o que possa ficar seja aquilo que eles construíram de bom, inclusive o amor.

E isso é de fato o que mais me encanta nesta canção; não importa como, certas pessoas nos marcam. Modificam-nos. E nos fazem amar.


Em compasso simples e ao som de cordas no melhor estilo country.
If I should stay – Se eu devesse ficar
Well, I would only be in your way – Bem, eu apenas ficaria no seu caminho,
And so I'll go, and yet I know – e por isso me vou, e ainda assim sei
That I'll think of you each step of my way – que eu pensarei em você a cada passo que der (lit.: cada passo do meu caminho).
And I will always love you – E eu sempre amarei você.
I will always love you – Eu sempre amarei você.

Bitter-sweet memories – Lembranças agridoces.
That's all I have, and all I'm taking with me – Isso é tudo o que tenho, e tudo o que estou levando comigo.
Good-bye, oh, please don't cry – Adeus, oh, por favor não chore,
'Cause we both know that I'm not – pois ambos sabemos que eu não sou
What you need – o que você precisa.
Entra o coro
But I will always love you – Mas eu sempre amarei você,
I will always love you – eu sempre amarei você.
Declamando
And I hope life, will treat you kind – E eu espero que a vida lhe trate bem
And I hope that you have all – e eu espero que você tenha tudo
That you ever dreamed of – que você já (“algum dia”) sonhou
Oh, I do wish you joy – Oh, sim, eu te desejo alegrias
And I wish you happiness – e eu te desejo felicidade,
But above all this – mas acima de tudo isso
I wish you love – eu te desejo amor.
I love you, I will always love – Eu amo você, eu sempre amarei você
Entra o coro novamente
I, I will always, always love you – Eu, eu irei sempre, sempre amar você
I will always love you – eu amarei você sempre,
I will always love you – eu sempre amarei você,
I will always love you – eu sempre amarei você.

VERSÕES

Em 1982, Parton criou uma nova versão desta música para a trilha sonora do filme A Melhor Casa Suspeita do Texas (The Best Little Whorehouse in Texas), onde a própria cantora atua ao lado de Burt Reynolds. Há na verdade, uma cena do filme no qual ela canta e declama a canção na nova versão. Veja aqui.

E claro, em 1992, Whitney Houston regravou a canção para a trilha sonora de O Guarda Costas (The Bodyguard) e fez um sucesso estrondoso, tão grande que rendeu a Dolly vários milhões já que ela detém os direitos sobre a canção e nem mesmo quando o Rei, sim Elvis Presley, quis regravar (e por contrato adquiriria uma parcela dos direitos da canção) ela cedeu. Garota esperta.

Além de Houston artistas como Linda Ronstadt, Chris Cornell, John Doe, Sarah Washington, Roger Whittaker, Melissa Etheridge, LeAnn Rimes, Candida Clauseri entre outras já fizeram suas versões desta música. Gosto da versão de Ronstadt, pois fica próximo a original e adoro sua voz, mas nenhum deles consegue soar e arrancar lágrimas como Parton faz em sua simples melodia.

BANCO DE DADOS

*Música: I Will Always Love You;
*Artista: Dolly Parton;
*Composição: Dolly Parton;
*Produção: Bob Ferguson;
*Estilo: Country
*Em: Jolene; I Will Always Love You;
*Duração: 2:53
*Ano: 1974


Fonte & Imagens: About.com; The Covers Project; Allmusic;

POSTS RELACIONADOS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE E/OU RECLAME

Postar um comentário